"Leniza, como a cidade desigual em que habita, é maliciosa e tímida, interesseira e piedosa, amorosa e cruel. Ela vai em busca de seus sonhos, a qualquer custo.   Leniza Máier, cantora de rádio!? Retrato nos jornais, dinheiro à beça, vestindo fino,
Record
Product ID: 6265
Product SKU: 6265
New In stock />
A ESTRELA SOBE

A ESTRELA SOBE

Marca: Record Referência: 20206

Carregando...
"Leniza, como a cidade desigual em que habita, é maliciosa e tímida, interesseira e piedosa, amorosa e cruel. Ela vai em busca de seus sonhos, a qualquer custo.   Leniza Máier, cantora de rádio!? Retrato nos jornais, dinheiro à beça, vestindo fino, comendo bem! Que igual a Carmen Miranda não há, mas Leniza é um encanto, e há tantas piores no rádio... E, assim, sonha alto a moça nascida no Santo Cristo, criada na Saúde, bairros berços do espírito carioca do samba e da ginga. E o caminho dos ambiciosos rumo ao estrelato pedem, justamente, muito jeito e alguma malícia. A estrela sobe é considerado pela crítica como o romance maduro de Marques Rebelo, escritor, jornalista e grande cronista do Rio de Janeiro dos anos 1930 e 1950. Em seus contos, crônicas e romances, o autor foi responsável por trazer a realidade das classes médias e suburbanas de uma cidade em plena transformação, fim da Primeira República, Era Vargas, industrialização, aceleração urbana, explosão radiofônica, início de uma cultura e um consumo de massa. Com cadência, ritmo e um estilo particular, repleto de coloquialidade, gírias e molejo, Rebelo é quem encanta leitores e leitoras com uma narrativa realista, mas que também ressoa à radionovela ? tanto que, em 1974, o livro foi adaptado para o cinema e foi estrelado pela grande atriz Betty Farias. De acordo com Luiz Antonio Simas, historiador, professor e escritor, que assina o prefácio desta edição, A estrela sobe é, de certa forma, um romance sobre o próprio Rio de Janeiro em que são expostas contradições, amores, violências e fascínios, camadas cheias de tensão e intensidade. E ao lembrar-se de músicas de Noel Rosa, conterrâneo de Marques Rebelo, Simas nos evoca a ler A estrela sobe e ouvir uma voz, como se fosse no calor de agora: ?Prazer, sou a cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. Mas vocês podem me chamar de Leniza Máier?. "

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Autor: MARQUES REBELO
  • Ilustrador: -
  • Editora: RECORD
  • Gênero: GERAL
  • Formato: 13,5 x 20,5
  • Tema: Geral
  • Página: 272
  • Série/Coleção: N/I

Confira os produtos