Que surpresa uma janela pode revelar? Uma menina? Um anjo? Não importa. Quando os filhos não fazem mais companhia, os óculos não servem mais e a solidão passa a ser uma realidade, basta existir alguém para ouvir, mesmo que seja uma criança desconhecida, vista de relance, entre a correria da cidade. O jornalista Leo Cunha conta, em seu novo infantil A MENINA DA VARANDA, uma história delicada, com vários ângulos e poucas certezas. Uma metáfora sensível sobre o tempo que passa, o tempo que falta e
RECORD
Product ID: 1933
Product SKU: 1933
New In stock />
MENINA DA VARANDA, A

MENINA DA VARANDA, A

Bazar20
Compre 2 livros e tenha 20% de desconto.

Marca: RECORD Referência: 9788501055699

Carregando...

Que surpresa uma janela pode revelar? Uma menina? Um anjo? Não importa. Quando os filhos não fazem mais companhia, os óculos não servem mais e a solidão passa a ser uma realidade, basta existir alguém para ouvir, mesmo que seja uma criança desconhecida, vista de relance, entre a correria da cidade. O jornalista Leo Cunha conta, em seu novo infantil A MENINA DA VARANDA, uma história delicada, com vários ângulos e poucas certezas. Uma metáfora sensível sobre o tempo que passa, o tempo que falta e o tempo que nos resta. Com uma linguagem extremamente lírica, o autor expõe, em A MENINA DA VARANDA, a solidão da velhice e uma forma pouco mostrada de abandono: a dos pais, após anos de dedicação aos filhos. Leo Cunha apresenta o leitor a uma pianista aposentada que encontra um novo significado para a sua vida, ao estabelecer uma ligação virtual com uma menina desconhecida, moradora de um prédio em frente ao seu. Lá em cima, no décimo andar, a velha pianista só enxerga prédios e mais prédios da cidade imensa, e pra piorar, o inverno está chegando. Mas tudo pode mudar quando a pianista descobre uma novidade no prédio em frente: a menina da varanda. A partir de agora, a pianista vê em A MENINA DA VARANDA um alguém com quem conversar, contar suas histórias e desfiar suas lembranças. Uma pessoa para lhe fazer companhia enquanto seu próprio filho vive ocupado e mal acha tempo pra uma visita, um abraço. Jornalista e professor universitário, Leo Cunha já publicou um livro de crônicas, Nas páginas do tempo (Ed. Nova Fronteira), e mais de vinte livros infanto-juvenis, entre eles Pela estrada afora (Atual), Na marca do pênalti (Atual), Cantigamente (Ediouro), O sabiá e a girafa (Nova Fronteira), Poemas lambuzados (Saraiva) e Clave de Lua (Paulinas). Suas obras receberam prêmios importantes, como o Nestlé, o João-de-Barro, o Jabuti, entre outros. É também tradutor de vários livros infantis e juvenis. Leo, que é também tradutor de vários livros infantis e juvenis, nasceu e mora em Minas Gerais, onde busca inspiração para a maioria de suas histórias e poemas. Casado, tem uma filha chamada Sofia, a quem dedica esta história.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Autor: Leo Cunha
  • Gênero: Literatura infantil
  • Tema: Metafora
  • Tamanho: 16x23 cm
  • Página: 32

Confira os produtos