28/05/2021

Tarefas domésticas com as crianças funcionam muito bem, confira!

Tarefas domésticas com as crianças funcionam muito bem, confira!

 

Você ensina sobre a importância das tarefas domésticas às crianças? Caso não faça isso, provavelmente, vai continuar arrumando a casa sucessivas vezes, por muitos anos.

 

Durante a pandemia, o tempo que quase todo mundo passa em casa aumentou. Com isso, também há mais bagunça. Em contrapartida, mais pessoas para ajudar.

 

Na verdade, um dos poucos proveitos que podemos tirar do período de quarentena é justamente esse: poder ensinar sobre a importância de contribuir com a rotina da casa.

 

Isso é essencial para a harmonia familiar ao longo dos anos. Eu sei, as crianças não estão fazendo mais do que a obrigação. No entanto, elogiá-las e agradecê-las é um grande incentivo para que continuem ajudando.

 

Como introduzir as tarefas domésticas na rotina das crianças?

 

Se os seus filhos ainda não estão acostumados a ajudar em casa, é natural que eles criem resistência. Por isso, o ideal é que esse hábito seja introduzido o quanto antes.

 

Primeiramente, não se refira às tarefas como obrigação, mas sim algo que faz parte da vida de todo mundo. Quanto mais alguém te cobra alguma coisa, menos vontade você tem de fazê-la, certo? É a mesma coisa com as crianças.

Metade pai, metade mundo, pág. 40.

Borboleta, menino mexendo na horta e menina acenando, ao fundo. Página 40 do livro Metade pai, metade mundo. Imagem ilustrativa texto tarefas domésticas crianças.Então, procure não dizer coisas do tipo “leve o seu prato para a pia!”. Em vez disso, diga algo como “você pode me ajudar a levar os pratos?”. Esse comando, no entanto, deve ser claro e direto. Isso evitará muitas brigas.

 

Por exemplo, é fato que as crianças adoram regar as plantas. Na verdade, use a criatividade e qualquer tarefa que envolva água, bem como aparelhos e ferramentas da cozinha, pode ser divertida. Claro, desde que não haja risco!

 

Tudo vai depender da forma como você apresenta a atividade. É óbvio que há tarefas que dificilmente serão divertidas. Nesse caso, o seu esforço deve ser para mostrar os benefícios visíveis e tangíveis do trabalho.

 

Tarefas domésticas para crianças de todas as idades

 

Se você está lendo este post, é provável que já encontrou por aí outros artigos sobre as tarefas sugeridas para cada idade. No entanto, lembre-se sempre de que as crianças não são iguais.

 

Leve em consideração as habilidades, limitações e preferências de cada uma. Afinal, os afazeres domésticos não precisam ser um sofrimento. De qualquer forma, aqui vão as nossas dicas, que servem para a maioria das crianças.

 

A partir de 2 anos

 

Elas já podem aprender sobre o valor de contribuir na organização da casa. Para usar algo mais próximo a elas, ensine sobre a importância de guardar os brinquedos e de manter a organização da área onde costuma brincar.

 

Você pode propor uma organização dos brinquedos por tipo, cor ou tamanho. Assim, esse momento também pode se transforma em brincadeira.

 

Outra brincadeira possível é desafiá-las a colocar tudo no lugar antes que uma música acabe. Para que a tarefa seja ainda mais leve, deixe que escolham a música. Com o tempo, as crianças aprendem sobre o conceito de organização.

 

Crianças de 3 e 4 anos

 

Estimule responsabilidades simples. Isso inclui levar o prato de comida para a pia, guardar os sapatos, colocar a roupa suja no cesto, ajudar a arrumar a mesa na hora das refeições etc.

 

Peça que te ajudem a guardar alguns objetos no armário ou coloca-los no lugar certo. Essas são atividades que estimulam a organização e ajudam no desenvolvimento da agilidade, coordenação motora e equilíbrio.

 

Dos 5 aos 7 anos

 

Aqui, as crianças já começam a ter mais consciência sobre responsabilidades e cuidados. Ensine-as a tirar a poeira dos móveis, regar as plantas, colocar as roupas na máquina, guardar comida na geladeira e os talheres nas gavetas.

Metade pai, metade mundo, pág. 32.

Mão no liquidificador. Página 32 do livro Metade pai, metade mundo. Imagem ilustrativa texto tarefas domésticas crianças.Crianças dessa idade podem dar banho colocar comida para o cachorro. Essas são atividades que estimulam a autonomia e ensinam sobre a importância de cuidar dos outros seres vivos.

 

Elas também podem arrumar a cama e o próprio quarto, além de dobrar e guardar roupas, toalhas e lençóis. Preparar a mochila da escola para o dia seguinte, por exemplo, é uma forma de incentivo aos estudos.

 

As pesquisas mostram que as crianças mais responsáveis também sabem organizar melhor suas tarefas escolares. Com isso, elas entregam trabalhos mais completos e têm melhor desempenho escolar.

 

Dos 6 aos 8

 

Nessa faixa etária, os pequenos já têm capacidade motora para diversas atividades. No caso de irmãos mais velhos, já podem ajudar a olhar os mais novos.

 

É esperado que elas já consigam lavar a louça, ajudar a preparar o almoço, organizar os armários, estender e recolher roupas no varal. No entanto, tenha cuidado com as atividades com risco de deixar cair ou quebrar objetos.

 

Elas também podem varrer o chão e usar o aspirador. Ao ensiná-las a esvaziar o lixo do banheiro, observe de perto. É comum que elas espalhem lixo pelo chão ou queiram tirar o que está na cesta com a mão.

 

Faça uma tabela de responsabilidades

 

É importante que as crianças percebam que a colaboração cabe a todos que convivem no espaço. Uma boa ideia, cada vez mais difundida, é ter por escrito as tarefas que precisam ser feitas.

Metade pai, metade mundo, pág. 55.

Copa, com geladeira, mesa, cadeiras e chão xadrez. Página 55 do livro metade pai, metade mundo. Imagem ilustrativa texto tarefas domésticas crianças.Se, em vez de apenas obedecerem ordens, as crianças puderem participar do planejamento das atividades, elas tendem a colaborar mais. Juntos, façam uma tabela com os horários, listando quem faz o quê e com que frequência.

 

Uma boa ideia é que a tabela inclua rotinas pessoais, como escovar os dentes. Algumas tarefas (principalmente as mais chatas) podem ser feitas em rodízio.

 

Como você deve saber, as crianças aprendem muito com o exemplo dos mais velhos. Por isso, é importante que pai, mãe, irmãos e os outros membros da casa contribuam de alguma forma.

 

Coloque a tabela fixada em um local bem visível da casa. Isso ajudará a todos na autodisciplina. Aqui, apenas tome o cuidado de não delegar tarefas específicas para cada pessoa da família de acordo com o sexo.

 

Como cobrar eficiência das crianças com as tarefas domésticas?

 

Da mesma forma que vários ensinamentos, tudo precisa de esforço e paciência. Muitos adultos não deixam as crianças participarem das tarefas domésticas porque elas não fariam tão bem ou então levariam muito tempo.

 

Claro que, a princípio, algumas tarefas que você conseguiria fazer sem ajuda em poucos minutos podem acabar levando horas. No entanto, o valor da ajuda dos pequenos deve ser observado a longo prazo.

 

Note que o seu principal objetivo não deve ser treinar as crianças para que realizem um trabalho bem feito. Já é esperado que isso não aconteça.

 

Além disso, cada pessoa tem o seu tempo de desenvolvimento. Então, pedir às crianças para ajudarem com tarefas que elas não são capazes só vai gerar frustração para ambas as partes.

 

Muitas coisas que você acha que são óbvias podem acabar gerando um trabalho e um estresse muito maior para todo mundo. Lembre-se de que não é culpa das crianças, que ainda estão aprendendo com as coisas funcionam.

 

Mesmo que você ache que seus filhos não estejam preparados para determinada tarefa, deixe-os tentar e talvez se surpreenda.

 

Nas primeiras vezes, você deve, sim, supervisioná-las. No entanto, não refaça o trabalho delas, pois isso seria prejudicial.

 

Dica de leitura

 

Capa do livro Metade pai, metade mundo.O protagonista do livro Metade pai, metade mundo é Tião, um menino que está sempre querendo se mostrar útil. Ele auxilia o pai na roça e nos frequentes consertos que o carro precisa.

 

Apesar das comodidades que vieram da mudança para Copacabana, as obrigações de todos na família de Tião aumentam. Ele ajuda na plantação de uma horta no condomínio, bem como os moradores com as compras.

 

Na casa de uma amiga, coopera na cozinha. Mais tarde, sua participação nas tarefas domésticas precisa ser maior. Porém, não vamos aqui entrar em detalhes, pois isso já seria spoiler.

 

As tarefas domésticas também podem servir para a percepção dos interesses e o desenvolvimento de competências. Esses valores fazem a diferença na escola, com os amigos e é levado para a vida toda.

 

Com cada membro da família fazendo a diferença na manutenção da casa, a autoestima e o sentimento de pertencimento de todos é estimulado.

 

Preencha o campo que está no final desta página com seu e-mail. Assim, você receberá semanalmente (com alguns conteúdos extras) dicas com esta que acabou de ver. Você pode se descadastrar quando quiser!