31/05/2021

Preço do livro é baixo em comparação ao valor. Entenda!

Preço do livro é baixo em comparação ao valor. Entenda!

 
 

Você acha que o preço do livro é alto? Então, pare para pensar no quanto pode acabar pagando pela falta de conhecimento!

 

Normalmente, a pessoa que reclama sobre o preço, na verdade, não tem o hábito de consumir literatura. Além disso, ela está levando em conta apenas o aspecto físico.

 

No entanto, o livro é mais do que um punhado de papéis. O objeto possui um valor artístico, cultural, emocional e intelectual agregado. Assim, os benefícios da literatura são incorporados à vida de quem lê, de uma forma não mensurável.

 

Não tenha dúvida: consumir cultura é sempre um bom investimento! Embora muitas pessoas associem os livros a elites socioculturais, a verdade é que todos podem ter acesso a seus valores e benefícios

 

Preço do livro X longevidade dos benefícios

 

O consumo de literatura exige um período de dedicação exclusiva e, como diz o dito popular, “tempo é dinheiro”. Mesmo que você enxergue o hábito como entretenimento, ele é, certamente, uma das formas mais baratas.

 

A modernidade traz consigo um tempo cada vez mais reduzido para atividades que não sejam financeiramente lucrativas. Pelo menos, não de forma óbvia e imediata.

 

Muitos livros custam algo semelhante a um lanche em um fast-food, que você consome em poucos minutos. Pense que, em algumas horas, você estará com fome novamente.

 

No caso de livros em promoção (muitos deles clássicos), podemos estar falando do equivalente a dois lanches.

 

Faça uma comparação com outras artes, como música ou cinema. Por oferecem um bom retorno financeiro às pessoas que os produzem, esses formatos investem proporcionalmente mais para atrair o público.

Close de pessoa segurando um livro. Imagem ilustrativa texto preço do livro.

Bem, o preço do livro se compara ao ingresso para um show ou teatro. Note que ainda não estou contando o estacionamento. Além disso, é provável que você saia dali para ir comer alguma coisa. Talvez, em um fast-food.

 

Por outro lado, o livro pode ser levado para casa. Você pode pegá-lo na estante sempre que quiser e, se bem conservado, tem a vida maior do que a das pessoas que o leem.

 

Muitos livros são herdados por gerações, sendo lidos pelos filhos, sobrinhos e netos de quem comprou.

 

Qual é a realidade atual do mercado literário?

 

O livro é uma das mercadorias mais antigas que existem. Com isso, o produto é historicamente fundamental, não só para a formação ideológica da sociedade, mas para a própria organização do mercado.

 

Recentemente, a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) fez um estudo sobre o segmento.

 

A pesquisa verificou a média do preço real do livro ao longo dos últimos anos. Em outras palavras, foi observado a progressão do valor em relação à inflação dos produtos em geral.

 

A conclusão foi que, desde 2006, houve uma queda real de 35%. Esse número diz respeito ao peso do valor do livro para uma pessoa, de acordo com seu poder de compra.

 

Isso porque não estamos falando aqui dos títulos que hoje são ainda mais baratos do que estavam há alguns anos. Não são poucos.

 

Note também como, mesmo que dois títulos sejam muito parecidos quanto ao tamanho, peso e tipo de material, seus preços podem ser bem diferentes. Afinal, o que realmente diferencia um do outro é o conteúdo.

 

Outra particularidade desse segmento é que não existe uma concorrência direta. Ou seja, não é necessário que uma pessoa deixe de comprar um livro em detrimento de outro.

Estantes na livraria. Imagem ilustrativa texto preço do livro.

Que custos estão inclusos no preço do livro?

 

Vamos ver, resumidamente, tudo que está envolvido na cadeia de produção de um livro.

 

Criação

 

Para começar, obviamente, temos os autores (assim, no plural, já que estou incluindo aqui texto e ilustração). Além disso, há editores que trabalham junto dos autores por meses.

 

O diagramador cuida para que todos os textos e imagens sejam apresentados da melhor forma possível. O revisor observa os eventuais erros de digitação e gramaticais, repetições de palavras, coerência e coesão textuais.

 

Com o conteúdo indo e voltando várias vezes, é comum que um único livro tenha múltiplos revisores.

 

Tradução

 

Aqui, estamos falando de todos os gastos citados acima, com alguns acréscimos. Por exemplo, o direito de publicação para uma editora estrangeira. Provavelmente, ela será paga em Dólar ou Euro.

 

Além disso, temos o tradutor e o revisor (ou revisores) de tradução. É comum ainda que haja um novo projeto gráfico para o conteúdo em questão.

 

Logística

 

Com o projeto pronto, o livro vai para gráfica, onde há gasto com tinta, papel (muitas vezes especial), maquinário e pessoal. Dali, é transportado para um local de estoque, onde há uma taxa de aluguel.

 

As editoras têm consultores, que vendem para livrarias ou distribuidores. Essas empresas, por sua vez, pagam aluguel, estrutura, impostos, compradores, pessoal administrativo, vendedores etc.

Estoque. Imagem ilustrativa texto preço do livro.

Promoção

 

“Quem não é visto, não é lembrado”. Portanto, por melhor que seja um livro, ele só será bem vendido com a compra de stands, vitrines e outros espaços visíveis das livrarias. Claro, há exceções.

 

Há ainda a equipe de marketing digital, que cuida da divulgação nas redes sociais e outras formas de mídia. Isso inclui profissionais como quem escreveu estas palavras que você lê agora.

 

Risco

 

Uma obra é uma aposta de quem produz, na qual é investido muito dinheiro. Mesmo assim, é comum que, por um motivo ou outro, ela venda pouco. Então, podemos incluir aqui o risco envolvendo o preço do livro.

 

Quando esses títulos entram em promoção, nada mais é do que uma forma de perder menos dinheiro com a venda.

 

É possível baixar o preço do livro ainda mais?

 

Com o tempo, o preço do livro baixa naturalmente. Porém, isso só costuma acontecer depois que o custo de produção já foi pago, e isso pode demorar.

 

Alguns catálogos, como os de cosméticos (!) costumam vender obras em versões menores, com qualidade gráfica inferior e, portanto, mais baratas.

 

No entanto, esses costumam ser best-sellers ou títulos de domínio público. Ou seja, que já passaram pelo teste do potencial de venda.

 

Assim como todo tipo de produto, o preço pago por unidade na compra em larga escala costuma ser menor. Por isso, é comum que a venda de livros para redes de escolas públicas saia bem em conta.

 

Se você, assim como nós, sabe que os livros são um excelente investimento, entre em contato! Juntos, vamos elaborar um plano literário para a sua escola ou cidade.

 

Botão Botão